quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Régua de Cálculo

Estava navegando na Internet, pesquisando para planejar uma aula de Física sobre eletricidade, mais especificamente circuitos em CC quando me deparei com ela, a régua de cálculos. Sempre me perguntei como as grandes construções do século XIX e XX foram feitas, como eles calcularam os dados para construir pontes gigantescas, prédios e estradas, sem calculadoras e muito menos computadores, e como foram feitos os cálculos que resultaram nas calculadoras e nos computadores, devia ser um trabalho hercúleo. E realmente era, mas eles tinha ajuda, DELA, da Régua de Cálculo.

Definição segundo a Wikipédia:
"Sua criação foi feita pelo padre inglês William Oughtred, em 1638, basendo-se na tábua de logaritmos que fôra criada por John Napier pouco antes, em 1614. Apesar da semelhança com uma régua, a régua de cálculos é um dispositivo que não tem nada a ver com medição de pequenas distâncias ou traçagem de retas. A régua de cálculo é o pai das calculadoras eletrônicas modernas, tendo sido largamente usada até a década de 1970 quando então a versão eletrônica foi largamente difundida e aceita em função de sua simplicidade e precisão."
http://pt.wikipedia.org/wiki/Régua_de_cálculo


Um bom site para aprender sobre réguas de cálculo é o reglasdecalculo.com e outro é o sliderulemuseum.

Como bom Nerd, larguei minha aula de lado e fui me aprofundar no assunto, gostei, só que claro, estava sem condições de conseguir uma régua "de verdade" na hora e como achei alguns modelos imprimíveis em .pdf resolvi montar a minha própria régua, um dos que mais gostei para aprender foi este da Scientific American.

1° Passo: (montar a base)
Com uma caixa de torradeira (irônico não, quem é nerd vai entender) montei uma base para a minha régua, constituida de retângulos de cartão: 1 retângulo de 5,5x19,4cm, 2 de 1,3x19,4cm, 1 de 2,8x19,4cm, 2 de 1,8x19,4cm e 1 de 1,9x10,4cm. Cole os dois retângulos de 1,3cm na base de 5,5cm um em cima e outro em baixo e por cima de cada um, os retângulos de 1,8cm. Por fim cole o retângulo de 1,9cm no meio do retângulo de 2,7cm, com isso você terá uma base de 5,5x19,4cm com uma "reguinha" que corre sobre um trilho central. Fotos:


2° Passo: (imprimir e colar a régua propriamente dita)
Após a base pronta, imprimi em uma cartolina o modelo da Scientific American, recortei as escalas e colei na base, sendo as escalas (T,K e A) na parte superior fixa, as escalas (B,CI e C) na parte central móvel e as escalas (D,L e S) na parte inferior fixa. Fotos:


3° Passo: (O cursor)

Para fazer o cursor você vai precisar de 1 retângulo de cartão de 6,5x4,0cm, 6 retângulos de 0,5x4,0cm, 1 retângulo de cartolina de 6,5x4,0cm vazado (meça uma borda de 0,5 cm e retire o centro), um retângulo de plástico transparente de 6,5x4,0cm, fita adesiva dupla face e um marcador permanente (caneta de escrever em CD/DVD), cole 3 retângulos de 0,5cm (um cima do outro, formando uma pilha) em cima do retângulo maior e 3 em baixo, com com a fita dupla face o plástico no retângulo de cartolina, pelo lado interno (do plástico) faça uma linha bem no meio com a caneta para CD/DVD e cole este na base de cartão do cursor. Fotos:

Se você quiser pode também confeccionar uma caixa para a sua régua, eu fiz uma bem simples:

Não ficou é claro uma régua de cálculo profissional, mas para precisão didática que eu queria até que cumpre bem o seu papel. Espero ter ajudado. Comentários são bem vindos.

3 comentários:

Jonatas disse...

muito bala...

vou fazer uma pra mim.

Jonatas disse...

muito bala...

vou fazer uma pra mim.

Jonatas disse...

muito bala...

vou fazer uma pra mim.